Afinal, o que é um redutor planetário?

Para quem tem dúvidas, um redutor planetário é um dispositivo que é capaz de reduzir a velocidade rotacional de um sistema de acionamento de um tipo de equipamento. Isso, consequentemente, age na redução de velocidade e eleva-se o troque transmitido, tendo assim como os componentes principais a carcaça, engrenagem solar, engrenagens planetárias e o anel de engrenagem, ou seja, coroa com parafuso sem fim. Esse tal dispositivo é utilizado para adequar a rotação do acionador para rotação adequada ao que será acionado, podendo assumir diferentes formas como caixas de engrenagens, deslocadores de engrenagem ou transmissões simples. Eles são primordiais para  oferecer segurança mecânica, uma vez que quando reduz a velocidade de rotação do equipamento oferece essa segurança.

Vale ressaltar que a motorização é aplicada a estes dispositivos é de motores de passo e servo motores.  O que resulta em uma fixação entre motor e eixo é feita por meio de um flange e um acoplamento. Confira a seguir algumas das características principais que um redutor planetário pode apresentar, tais como folga de torção reduzida, nível de ruído reduzido, alto grau de rigidez, eficiência próxima a 100%, nível elevado de torque de saída, alto padrão de qualidade, baixa inércia, enquadramentos nas normas, fácil montagem, qualidade de movimento, baixo peso, lubrificação permanente, alto padrão de qualidade, compacto (pequeno volume), rotação de entrada e saída no mesmo sentido, diferentes números de razões de transmissão, custo reduzido, posição livre de montagem, entre outros.

Dentre todos esses benefícios, o redutor planetário é um item bem importante para a rotina em uma produção, por isso, conhecer tudo que ele te proporciona é importante para não haver erros nos procedimentos. Fique de olho aqui no blog para mais novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *