Soluções de Automação com CLPs Kalatec/Delta

CLP (Controlador Lógico Programável) é um sistema de controle que integra um rápido processador que possibilita operações matemáticas, armazenagem de dados, controle de posição, contadores, cronômetros, controle de temperatura, entre uma variedade de instruções abundantes utilizadas na automação industrial. Os CLPs atuais utilizam diversos protocolos de comunicação e podem controlar servos acionamentos e ter uma IHM (Interface Homem máquina) para entrada de dados.

 

 

 

GUIA DE APLICAÇÃO PARA  CLP
Modelo  CPU I/Os PORTAS (COM) máxima expansão SAIDA PULSO SAIBA MAIS
DVP14SS211T/R 8ED/6SD RS232 / RS485 494 I/Os 4 X 10KHz mais detalhes
DVP12SA211T/R 8ED/4SD RS232 / RS485 236 I/Os 2 X 100KHz mais detalhes
DVP12SE11T/R 8ED/4SD ETHERNET / USB / 2X RS485 236 I/Os 2 X 100KHz mais detalhes
DVP20SX211T/R 8ED/6SD  + 4EA/4SA USB / RS232/RS485 230 I/Os 2 X 100KHz  + 2x10KHz mais detalhes
DVP28SV211T/R 16ED/12SD RS232 / RS485 512 I/Os 4 X 200KHz mais detalhes
DVP10MC 8ED/4SD ETHERNET / CANOPEN / RS232/ RS485 480 I/Os G CODE mais detalhes
AS300 16ED/16SD ETHERNET / USB / RS485 1024 I/Os 6 X 200KhZ mais detalhes

 

Aplicação de CLPs:

O Controlador Lógico Programável (PLC) é o sistema de controlo concebido para ambientes industriais, que é capaz de executar instruções diferentes, tais como computação lógica, controle sequencial, temporizar etapas e contar ciclos.  O PLC controla diferentes tipos de máquinas ou processos de produção através da entradas e saídas digitais ou analógicas (0-10V; 4-20Ma). O CLP é um processador, o cérebro da automação, que permite controles automatizados, as aplicações são as mais diversas e pode ser amplamente utilizado em uma variedade de indústrias, incluindo indústria de embalagens, envase, logística, impressão entre outras.

 

O CLP Delta Série DVP fornece modelos padrão, tipo Slim, são compactos gerando economia de espaço e permitem uma variedade de cartões opcionais e recursos, design compacto que gera economia de espaço, e é particularmente adequado para instalação em painéis de controle. A família de CLP delta da segunda geração SS2, SV2, SX2 possuem CPU de 32 bits e a velocidade de execução é reforçada do lado esquerdo do CLP para cartões de comunicações e cartões analógicos de alta resolução e do lado direito para cartões de I / O para até 480 pontos. A ferramenta de edição e programação é eficiente, e o melhor é gratuito e o cliente kalatec possui suporte e treinamentos.

Está com Dúvida em definir qual o CLP ideal para sua aplicação?

De uma forma bastante sucinta, vamos apresentar  um comparativo entre os principais CLPs Delta,  com base na arquitetura e performance das CPUs  (PLC) mais comercias:

DVP14SS211  – É o CLP  de entrada com 14 I/Os , permite expansões digitais e analógicas de 10 Bits. Será sempre o melhor custo benefício para aplicações simples que não necessite de relógio em tempo real e não haja servos motores ou motores de passo para serem controlados. Contudo, os 10KHz da saída à transistor  será capaz de controlar um relé de esrado sólido e fazer um controle PID para controle de temperaturas.


DVP12SA211  – CLP também de pequeno porte, que também permite expansões digitais e analógicas com a vantagem de ter 02 saídas rápidas a transistor para controle de motores de passo ou servos motores (motion) – A capacidade de frequência de cada saída é de 50KHz ( Total de 100Khz) e também  possuí 02 entradas rápidas  para encoder e sensor foto elétrico com capacidade de 50Khz por canal.


DVP20SX211T – Esse modelo de CLP , possui todas as vantagens do DVP12SA e será  indicado para os clientes que já sabem que necessitarão de entradas e saídas analógicas, total de 04 entradas e 02 saídas , além das I/Os  digitais. Também permite expansões de I/Os e analógicas com a vantagem de suportar  expansões analógicas a esquerda (12Bits ) e cartões de  comunicações.


DVP28SV211T  – Trata do CLP com o melhor custo x benefício. Possuí total de 28 I/Os , permite expansão a direita e a esquerda e oferece  04 saídas rápidas de 200KHZ para controle de servos motores e ou motor de passo . Possuí função arc e permite interpolação entre 2 coordenadas.


DVP10MC – Trata de um CLP dedicado para controle de MOTION, com comunicação CANOPEN , que permite o controle e sincronismo de até  16 eixos. Todas as expansões da Linha SLIM ( todos os modelos acima ) servem para o DVP10MC . Suas melhores aplicações são casos de sincronismo de eixos, interpolação linear e circular.


AS300 – É  uma família de CLP com Protocolo ModbusTCP , Ethernet/IP, com 32 I/Os de série, com velocidade de processamento das instruções LD , MOV e Floating  10x mais rápida do que os CLPs comum, devido ao processador interno AS-01 de 32 Bits , desenvolvido pela Delta. O processamento entre as remotas é paraleo em CAN BUS , e isso  permite uma execução total entre toda a rede á um tempo de 0,1ms.  O AS300 oferece  06 saídas rápidas de 200Khz e ainda pode controlar o sincronismo de 08 servos motores em rede CANOPEN (cartão opcional). Lançado no Brasil em 2017, o CLP AS300 vem se destacando com o melhor custo x benefício para aplicações de pequeno sofisticado  e médio porte.


Como decidir qual o protocolo usar no CLP ?

A  comunicação mais popular para comunicação em série de produtos industriais é o MODBUS, trata de um protocolo antigo, robusto e gratuito. Por esse motivo para aplicações  simples , onde o objetivo são simples leituras escritas a escolha do protocolo modbus será de longe a mais acertada. Como exemplo de aplicação do protocolo modbus podemos citar a comunicação entre uma IHM , interface home máquina , com um CLP, e também entre  o CLP e suas respectivas remotas e/ou periféricos externos como inversores de frequência , controladores de temperatura , timers digitais entre outros. Os meios físicos dessa comunicação pode ser através de uma comunicação ponto a ponto , tipo RS232 , ou uma comunicação em rede com vários  “nós”, nesse caso o meio físico será a comunicação RS485.

A comunicação CANOPEN oferece  algumas vantagens  sobre a comunicação MODBUS, é um dos protocolos mais utilizado na tecnologia de automação por tratar de um protocolo robusto e com velocidade muito mais rápida do que o simples MODBUS. A comunicação se baseia numa arquitetura mestre e escravo, na qual a CPU principal assume o papel de mestre e todos os outros periféricos ou remotas passam a ser escravos na rede.  Em especial a comunicação com o protocolo CANOPEN devido as propriedades acima , será a melhor opção de escolha se o objetivo for controle , sincronismo  de movimentos. Os CLPS como o 10MC permite a comunicação e sincronismo de até  16 eixos e o CLP da família AS300 permite  o sincronismo e comunicação até 08 eixos na mesma rede.  Em aplicações com remotas que envolvam sensores foto elétrico (de alta frequência) e encoders (alta frequência) para que não haja um delay significativo no controle da CPU Mestre , o recomendado será a aplicação de CLPs com comunicação CANOPEN entre a CPU e seus módulos de remotas.

Em conclusão , comparando as duas tecnologias acima, a engenharia  de aplicação kalatec , recomendará CLPs com comunicação MODBUS para aplicações de controle discretos, os quais  controles de eixos seja exclusivamente por PULSO/DIREÇÃO e/ou eventual comunicação serial seja apenas para LEITURA e ESCRITA.  Já a comunicação com protocolo Canopen é melhor recomendada para aplicações com remotas que possam possuir entradas rápidas e/ou  comunicação serial de até 16 eixos  para eventual controle e sincronismo.

 

Ficou com dúvida? Tem uma aplicação ?  Entre em contato com nossa engenharia de aplicação.  Os CLPs DELTA com suporte KALATEC é a melhor opção de mercado para criar valor aos   nossos clientes.

 

 

REDES SOCIAIS

COPYRIGHT BY KALATEC 2016