Cremalheiras

O PINHÃO CREMALHEIRA é um elemento de maquinas simples composto de apenas dois elementos, ou melhor 2 engrenagens de mesmo passo circular e mesmo modulo:  uma barra dentada plana (ou de raio infinito) chamada de cremalheira, e um “pinhão” cilíndrico (dentes retos ou helicoidais), é com ele que transformamos movimentos rotativos do pinhão em movimentos lineares da cremalheira e vice-versa. A origem desse mecanismo provavelmente remonta dos tempos das estradas de ferro, que teve em sua simplicidade e robustez o fator determinante.

Na maioria das aplicações de Automação Industrial, a Kalatec recomenda que o pinhão fique estacionário e mancalizado, sendo o elemento motor, e que a cremalheira fique móvel, guiada por meio de guias lineares de precisão, sendo o elemento conduzido.

Um bom exemplo prático são os portões residenciais, aonde um motor AC aloja um pinhão de dentes retos, e esse por sua vez bascula na horizontal o portão que fica guiado em “canais” enterrados no piso da varanda. Outro bom exemplo pode ser encontrado nos carros, aonde o sistema de partida do veículo rotaciona uma cremalheira (Volante de Inercia) solidária ao motor do veículo para o start do veículo, ou mesmo nos deslocamentos das rodas dianteiras (Fig 3), aonde um pinhão solidário a coluna de direção o carro desloca uma cremalheira que movimenta as rodas.

 

Direção pinhão e cremalheira

A velocidade do sistema é ditada pela dimensão do pinhão

V = Pi x Diam. Primitivo x RPM

Kalatec deseja um 2018 repleto de realizações de Projetos!

Entre os dias 29/12 e 02/01 não haverá expediente

 

Atendimento exclusivo na matriz no período: (19) 3045-4900

 

Retorno em todas as atividades a partir do dia 03 de janeiro.

×