Guias Lineares

As Guias Lineares são sistemas de movimentação linear projetadas para deslizar cargas com precisão e suavidade, ao longo de um trilho padrão, podendo chegar ao comprimento de até 4000mm. Surgiram nos anos 80 quando os fabricantes de máquinas começaram a substituir o barramento convencional por guias lineares de alta precisão.

A KALATEC oferece uma linha própria de Guias Lineares, fabricada com a mais alta tecnologia e qualidade do mercado, sendo reconhecida como marca TOP FIVE para o mercado industrial brasileiro e certificada ISO 9001-2000 e CNS 1268.

Guia de Aplicação Guias Lineares

Modelo Marca Largura Tipo de Patins Ca (kg) Coa (kg)
KRH15VL KALATEC 15 sem aba 1.161 1.731
KRH15FL KALATEC 15 com aba 1.161 1.731
KRH20VL KALATEC 20 sem aba 1.775 2.776
KRH20FL KALATEC 20 com aba 1.775 2.776
KRH25VL KALATEC 25 sem aba 2.648 3.649
KRH25FL KALATEC 25 com aba 2.648 3.649
KRH30VL KALATEC 30 sem aba 3.874 5.219
KRH30FL KALATEC 30 com aba 3.874 5.219
KRH35VL KALATEC 35 sem aba 4.952 6.916
KRH35FL KALATEC 35 com aba 4.952 6.916
KRH45VL KALATEC 45 sem aba 7.757 10.271
KRH45FL KALATEC 45 com aba 7.757 10.271
NKRH55VL KALATEC 55 sem aba 11.670 15.125
BCH55A KALATEC 55 com aba 12.350 19.000

Acessórios em guias Lineares

Guias Lineares oferece muitas possibilidades à sua aplicação, com o uso de raspadores duplos para ambientes agressivos, tanque com reservatório de óleo, tratamento superficial em cromo-duro, variação de Pré-carga e a até dispositivos de freios: Freio manual de alavanca para mantê-lo em posição estática e freios pneumáticos para controle automatizados.

 

Cuidados na escolha das  guias lineares

Cada passo do uso de guias lineares é importante. Quando se realiza um projeto que prevê seus usos, deve haver atenção a pontos como o tipo de movimentação que ela irá realizar, quais as direções que serão seguidas, quais os tipos de cargas suportadas e momentos em que elas acontecerão, precisão do posicionamento das guias, percursos envolvidos, movimento que seja linear, velocidade, aceleração, ciclo de processo, tipo de acionamento, posicionamento das guias, condições e vibração, tipos de lubrificação, condição ambiental, temperatura de trabalho, entre outros pontos.

 

Diferentes Tipos de Guias Lineares

De acordo com todos esses pontos que devem ser observados, a angulação das guias pode sofrer alterações. Nesse momento, é importante observar qual guia será melhor aplicada à automação. Existem guias com ângulos de contato de 30, 60, 90 e 45 graus, entre outras opções. Ainda assim é possível fazer uso de guias sem esferas. As guias são utilizadas em locais com cargas radiais, laterais, radiais inversas ou inclinadas. Existem inúmeros tipos de guias lineares para serem utilizadas na automação industrial. Cada tipo específico apresenta uma vantagem especial que atende as necessidades da máquina ou da indústria segmentada. Abaixo seguem algumas delas.

  • De rolos;
  • De esferas circulantes;
  • De alta precisão;
  • Para baixo ruído.

 

As Guias Lineares na indústria

Guias lineares são ferramentas de bastante utilidade na indústria de automação. Para saber se seu uso é adequado nas máquinas de uma fábrica, é necessário primeiramente saber qual o propósito da máquina e como ela irá operar.

As guias funcionam em um sistema de movimentação com base nos princípios de rolamento. Seu uso pode contribuir com a diminuição do atrito durante os movimentos, além de operar com suavidade.

A alta precisão de posicionamento, alta capacidade de carga e atuação em alta velocidade são outros benefícios a serem destacados pelo uso de guias na automação de indústrias.

As guias podem ser utilizadas em diversas máquinas. Um dos exemplos são as CNC, Tornos, Centros de Usinagem, Mandrilhadoras, Seccionadoras, Plasma, Corte Laser, CNC Routers, Ressonância Magnética, Solda, Impressão, entre muitos outros. Seu uso pela indústria tem sido focado em soluções para diversos setores como as montadoras, aeroespaciais, moveleiras, farmacêuticas, hospitalares, papeleiras, alimentícias, autopeças, entre outras.

A principal função de uma guia linear, que pode ser superfície, ranhura, barras prismáticas ou barras cilíndricas, é promover o equilíbrio e direcionar o deslocamento, além de permitir um posicionamento preciso de alguma peça de uma máquina ou mecanismo em operação. O funcionamento das guias é complexo, porém de grande utilidade.

 

Quantos Patins devo usar por Trilho?

Só um bloco ou patins por trilho? Nem sempre!⚠⠀

Muita gente ainda acredita que uma guia linear pode conter apenas um ou dois bloco por trilho. Mas uma guia linear pode possuir vários blocos por trilho, não é comum, é verdade!

A grande questão é alinhar os  patins no mesmo trilho na peça movida de modo a não criar forças contrárias. Muito mais comum e atende as demandas da Indústria, e especificar um par de guias, cada qual com dois patins, de modo a distribuir a carga e eliminar ou minimizar o momento torsor.

Como é comum em centros de usinagem, tornos CNC, equipamentos de medição, equipamentos automáticos, automação industrial e máquinas de alta precisão, por exemplo.

 

Fale com os nossos especialistas e saiba mais sobre as guias lineares

É muito importante observar e analisar os tipos de guias lineares antes de adquiri-lo. Pode ser um transtorno futuro se, por acaso, o produto errado for comprado e não apresentar o funcionamento adequado para aquela função específica. Por isso, é necessário consultar um especialista na área. Uma empresa com anos de experiência possui todas as informações técnicas, oferecidas por uma equipe altamente capacitada, para oferecer ao cliente.

Quer saber mais?

Entre em contato com a nossa equipe de especialistas e tenha disponíveis produtos que atenderão de forma segura a sua aplicação.







    Abrir WhatsApp